Área por Área >> Île de la Cité - Île de Saint-Louis
MEMORIAL DES MARTYRS DE LA DÉPORTATION
INFORMAÇÕES
Square de l'Île de France /7, quai de l'Archevêché

No inverno: 10:00 - 12:00 e 14:00 - 17:00
No verão: 10:00 - 12:00 e 14:00 - 19:00

Metrô:
Maubert- Mutualité, Cité

Metrô:
Saint Michel - Notre Dame

A+ | Zerar | A-

Quase secreto este monumento não é percebido pela maioria dos turistas que passam enfeitiçados pela paisagem parisiense. Implantado alguns metros abaixo do nível da rua em frente ao Square João XXIII, no extremo leste da Île de la Cité, este impactante memorial é uma homenagem aos 200.000 judeus, comunistas, homossexuais e heróis da resistência que foram deportados e morreram nos campos de concentração nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. A obra, inaugurada em 1962, foi projetada pelo arquiteto Georges-Henri Pingusson e consegue transmitir uma forte sensação de angustia e claustrofobia que nos sintoniza emocionalmente com as vítimas dessa barbárie.


No coração do memorial um longo e estreito corredor é iluminado por 200.000 pontos luminosos de cristal de quartzo, tributo às mulheres, homens e crianças martirizados pelos nazistas e seus colaboradores fascistas na França. Nas paredes internas estão gravados trechos do marcante poema "Ce coeur qui haïssait la guerre" (Este coração que odiava a guerra) do poeta Robert Desnos, que lutou com a Resistência Francesa, foi preso, enviado a um campo de concentração e morreu poucos dias depois que o campo foi libertado - devido aos maus tratos sofridos: "Este coração que odiava a guerra/ Eis que ele bate pelo combate e pela batalha! / Este coração que só batia ao ritmo das marés, das estações,/ ao ritmo das horas do dia e da noite,/ Eis que ele se estufa e envia para as veias/ Um sangue ardente de pólvora e ódio..."